Brasileiros estarão em casa no Sul-Americano de Pentatlo Moderno 2011

País está bem representado na competição

Mais de 50 atletas vão representar o Brasil no Campeonato Sul-Americano de Pentatlo Moderno de 2011, que chega ao Rio de Janeiro no próximo 2 de junho. Até o dia 5, grandes nomes do esporte no continente vão passar pelas instalações do Complexo Esportivo de Deodoro, na Vila Militar, Zona Oeste da cidade. A delegação brasileira quer repetir o feito do Sul-Americano do ano passado,  quando subiu ao pódio em todas as categorias em Quito, no Equador.

A grande maioria dos pentatletas do Brasil na competição são do PentaJovem, projeto social que a Confederação Brasileira de Pentatlo Moderno (CBPM) mantém há mais de dois anos em Recife (PE) e no Rio (RJ) para a formação de novos talentos na modalidade. Na capital fluminense, o treinamento ao longo de todo ano é realizado no Círculo Militar da Vila Militar (CMVM), que está dentro da área das instalações do Sul-Americano deste ano.

Em Pernambuco, o centro de treinamento da CBPM, o Salesiano/Powerade, é responsável, por exemplo, pelo principal nome do esporte no país: Yane Marques. A sexta colocada no ranking mundial da União Internacional de Pentatlo Moderno (UIPM) também integra, como sargento, a Comissão de Desportos do Exército (CDE-RJ), que também terá atletas no Sul-Americano.

“Competir em casa é sem dúvida uma oportunidade única para os familiares e amigos dos atletas torcerem e verem as performances deles de perto. Na maioria das vezes, eles não conseguem acompanhá-los quando há competições fora do país”, destaca Fábio Corrêa, coordenador-técnico do PentaJovem-RJ.

O profissional vê ainda a Argentina como a principal adversária do Brasil na competição, tanto pelo tamanho da delegação quanto pela qualidade técnica dos atletas.

Conquistar os primeiros lugares diante do nosso maior rival e em casa é algo que está nos planos dos pentatletas brasileiros. Além da Argentina, eles terão que enfrentar muitos adversários de outros países do continente. Dentre os nomes do Brasil que são esperança de bons resultados nesta disputa, é bom ficar de olho em alguns!

ALOÍSIO SANDES (25 ANOS): O pernambucano foi medalha de bronze sênior do Sul-Americano do ano passado. O atleta integra a equipe do Salesiano/Powerade-PE, reduto de grandes nomes do Pentatlo Moderno no país, como Yane Marques, Priscila Oliveira e Larissa Lellys. Atualmente ocupa a 102ª colocação no ranking mundial e, dentre os homens, é um dos 10 principais pentatletas do país. No Rio, vai disputar na categoria sênior.

DANILO FAGUNES (23 ANOS): É, sem dúvidas, uma das grandes revelações do PentaJovem carioca. Em Quito, ficou entre os 10 primeiros na sênior, onde destes, seis eram brasileiros. Foi bronze no Campeonato Brasileiro de 2010, atrás dos já experientes Wagner Romão e Daniel Santos. No Sul-Americano deste ano, além das primeiras colocações para somar pontos no ranking mundial, está na disputa por uma das vagas brasileiras para os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, em outubro no México. No Sul-Americano, também vai disputar na categoria sênior.

WILLIAM MUINHOS (18 ANOS): Outro atleta descoberto pelo PentaJovem-RJ, no Sul-Americano de 2010, foi o sexto colocado sênior e medalha de prata na Jovem A. Com pouco mais de dois anos de treinamento, já participou de várias competições internacionais, dentre elas os Jogos Olímpicos da Juventude de Cingapura, em 2010, e a primeira etapa da Copa do Mundo de 2011 (Estados Unidos). Em junho no Rio, participa das categorias júnior e jovem A.

MARIANA LAPORTE (19 ANOS): A atleta carioca segue com bons resultados os passos da ‘trinca pernambucana Yane-Priscila-Larissa’. No Equador, foi campeã jovem A. Em março passado, subiu ao pódio em São Paulo, ao conquistar a medalha de bronze na terceira seletiva do Pentatlo Moderno para os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara. Assim como o colega William Muinhos, participou dos Jogos Olímpicos da Juventude de Cingapura (2010) e da primeira etapa da Copa do Mundo de 2011 (EUA). No Rio, vai competir pela categoria júnior.

CAIO SILVA (15 ANOS): Treinando junto com Danilo Fagundes, William Muinhos, Mariana Laporte, foi campeão jovem B no último Sul-Americano, onde o Brasil ficou com os quatro primeiros lugares na categoria. Foi sua estreia – com um belo pé direito – em uma competição internacional. O bicampeonato no Rio pode ser seu presente de aniversário, já que completa 16 anos dias antes do início do torneio (30/05). Em casa, volta a competir pela jovem B.

JULIANA DOMINGUES (14 ANOS): A mais jovem pentatleta da América do Sul é uma das grandes apostas do Pentatlo Moderno nacional. Também revelada no PentaJovem carioca, vem  evoluindo de forma meteórica no esporte. Na terceira seletiva da modalidade para os Jogos Pan-Americanos do México, realizada em março passado em São Paulo, ficou na quarta colocação. No Sul-Americano de 2010, competiu pela categoria jovem B, onde ficou em sétimo lugar. Neste ano, compete pela jovem A e a júnior.
Explore posts in the same categories: Campeonato Sul-americano, Pentatlo Moderno

Tags: , , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: