Ilha do Governador, no Rio de Janeiro, também terá Vila Olímpica e Escola Padrão

Mesmo os que passam por ali há anos sequer imaginam o que está escondido por trás do grande muro que margeia parte da Estrada Rio Jequiá, na Ilha do Governador. Após nove anos de impasse, o terreno de 26 mil m², de uma área militar cedida à Prefeitura do Rio, dará espaço à Vila Olímpica da Ilha.

O projeto prevê a construção de pista de atletismo, piscina semiolimpíca, campo de futebol com piso de grama sintética, além de ginásio coberto com quadra polivalente e vestiários para professores, funcionários e usuários. O espaço também terá área de exercício com aparelhos de ginástica.

Se hoje a visão que têm do outro lado da rua é uma parede cinza e pichada, os quatro netos da dona de casa Mônica Serafim não precisarão dar mais do que 20 passos quando a vila olímpica estiver concluída. As crianças, por enquanto, têm de se contentar com os passeios curtos na ciclovia, espremida entre a estrada e o muro.

– Vai ser muito bom, porque vai trazer muitos benefícios para os moradores. Nós não temos área de lazer, não tem atividade nenhuma nesse campo, que fica aí parado, juntando mosquito. Eu moro aqui há 15 anos e sempre foi assim. Se a vila sair do papel, vai ser bom para as crianças terem uma atividade extracurricular, sem contar com a vantagem de ser em frente de casa – explica Mônica, lembrando que a opção mais próxima para as crianças é o Aterro do Cocotá, há cerca de 2km.

O objetivo da Prefeitura do Rio é que a população possa utilizar o espaço de uma maneira mais ampla, que irá além das peladas nos dois tímidos campinhos de terra batida hoje largados no meio do mato.

A professora de Educação Física Cristine Ottoni, que há nove anos oferece aulas de natação e hidroginástica para a terceira idade e fonoaudiologia, psicologia e fisioterapia para crianças com necessidades especiais, vê com bons olhos a chegada à vila olímpica na região e já faz planos.

– O Projeto Afin (Atividade Física Inclusiva) tem 500 alunos inscritos e 1500 em uma lista de espera, que não temos mais como atender. Eu acho que ter a Vila Olímpica aqui para a Ilha do Governador vai ser maravilhoso. A população está carente de projetos como esse. Se for possível, eu gostaria de utilizá-la para poder atender mais pessoas. Vai beneficiar crianças, jovens e adultos, e acredito que vai tirar pessoas das drogas também – diz Cristine, que utiliza há seis anos as dependências da Estação Rádio da Marinha, vizinha ao espaço onde será construída a vila olímpica.

Nascido e criado na Ilha do Governador, o subprefeito Victor Accyoli confessa estar ansioso para ver iniciadas as obras do novo parque.

– Desde que eu era mais novo ouço falar da construção dessa vila olímpica que, enfim, está saindo do papel. É um projeto para beneficiar toda a Ilha, e ainda mais diretamente a população aqui da comunidade Nossa Senhora das Graças (mais conhecida como Boogie Woogie) – diz Accyoli.

O projeto inclui ainda a construção de uma Escola Padrão com 13 salas de aula, quadra poliesportiva coberta com vestiário e paisagismo, além de instalações de secretaria, despensa e refeitório. Os alunos da Escola Padrão também poderão utilizar as instalações para as aulas de educação física.

De acordo com a RioUrbe, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Obras, a previsão é que a Vila Olímpica da Ilha do Governador esteja pronta em até 18 meses após o início dos trabalhos.

Explore posts in the same categories: Categorias de Base, Janela Olímpica, Londres 2012, Rio 2016

Tags: , , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: