Brasil vai para final feminina na Copa do Mundo de Pentatlo Moderno da Hungria

Divulgação CBPM

Pernambucana Yane Marques vai à final e disputa lugar no pódio no sábado, 7

A bandeira brasileira brilhou dentre as 72 pentatletas de todo o mundo que disputaram a semifinal feminina na terceira etapa da Copa do Mundo de Pentatlo Moderno, que começou nesta quinta-feira, 5, na Hungria. O Brasil foi representado nesta etapa de qualificação pelas pernambucanas Yane Marques, Priscila Oliveira e Larissa Lellys. No sábado, quando acontece a grande final para as mulheres, o país vai estar novamente na competição.

A responsável por levar o Brasil na finalíssima do torneio é o principal nome do Pentatlo Moderno no país, Yane Marques, sexta melhor colocada no ranking mundial. A atleta faz parte do centro de treinamento da Confederação Brasileira de Pentatlo Moderno (CBPM) em Recife, o Salesiano/Powerade-PE, e integra, como sargento, a Comissão de Desportos do Exército no Rio de Janeiro (CDE-RJ). Garantiu a participação na disputa de sábado somando 3908 pontos, suficientes para deixá-la na 9ª colocação de sua bateria.

Na semifinal desta quinta, as competidoras foram divididas em dois grupos de 36 atletas. As 18 mais bem colocadas em cada um deles garantia vaga na próxima fase. Priscila Oliveira ficou no grupo A e Yane Marques e Larissa Lellys no B.

Na primeira prova do dia, a natação, Yane teve o quarto melhor desempenho, modalidade que tem mais afinidade. Nadou os 200 metros livres em 2’17”29 (1156 pontos). Larissa fez o 20º melhor tempo da mesma bateria, 2’25”38 (1056). Priscila cravou 2’22”25, a 19º melhor marca do grupo A (1844).

Nos duelos das esgrima, Yane obteve 20 vitórias, 10º melhor desempenho de sua série, somando 880 pontos à sua classificação. Larissa venceu 14 combates (25ª melhor do grupo A, conquistando 736 pontos). Já Priscila Oliveira ganhou 15 lutas (24ª do grupo B, levando 760 pontos).

Na modalidade mais dinâmica do Pentatlo Moderno, o evento combinado de tiro e corrida, a classificação final foi definida. Na sua bateria, Priscila fez as três séries de cinco disparos intercaladas com os 3 mil metros de percusso no 21º melhor tempo, 13’09”14. Somou 1844 pontos, se despedindo a competição na 23ª colocação do grupo A, com 3700 pontos.

Já as brasileiras do grupo B, completaram a prova quase ao mesmo tempo. Yane fez em 13’02”66 (13º melhor resultado da série, 1872 pontos), terminando a semifinal em 9ª com 3908 pontos. Larissa finalizou o combinado em 13’03”47 (15ª, 1868 pontos), menos de um segundo de diferença. A atleta ficou na 20ª colocação com 3660 pontos, a poucas colocações da classificação para a final.

Nesta sexta, é a vez dos homens encararem a semifinal em Budapeste. Dentre eles, os brasileiros Daniel Santos, Luis Magno e Wagner Romão. A final masculina é no domingo, 8.

Explore posts in the same categories: Pentatlo Moderno

Tags: , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: