Seleção Feminina de Handebol participa de torneio na Hungria

Em ano de Mundial no Brasil, a Seleção Olímpica Feminina de Handebol busca a melhor preparação possível para chegar bem em dezembro, quando será realizado o campeonato nas cidades catarinenses de São José, Blumenau, Brusque, Itajaí, Jaraguá do Sul e Balneário Camboriú. Com isso, o técnico Morten Soubak convocou 19 jogadoras para uma fase de treinos e torneio entre os dias 17 e 25 deste mês, em Debrecen, na Hungria.

No grupo selecionado pelo treinador dinamarquês prevalece a experiência internacional, já que apenas quatro jogam no Brasil – Jéssica e Scheyla Gris, do A.D.Blu e Samyra e Tayra, da Metodista / São Bernardo. Segundo Morten, esse fator é natural no handebol feminino. “Temos muitas jogadoras que atuam fora do Brasil e não foi por isso que elas foram chamadas. A formação do grupo vem de observações do trabalho realizado no ano passado”, explicou.

Para a semana em Debrecen, o treinador tem metas estabelecidas. “Nesse período na Hungria, vamos fazer a manutenção do trabalho já realizado no ano passado, além de implementar uma defesa mais avançada, que precisamos treinar, e reforçar o trabalho de contra-ataque que, nos últimos treinos e jogos, não saiu como gostaríamos”, disse Morten Soubak.

A programação da Seleção Feminina conta com treinos e dois jogos pelo Torneio Internacional da Hungria. No dia 22, o Brasil enfrentará a Holanda e terá folga no dia 23, quando jogarão Hungria e Holanda. No dia 24, será a vez da Seleção Brasileira encarar as donas da casa. As partidas são consideradas importantes no processo de aprimoramento da equipe, mas o treinador destaca outro ponto fundamental.

“Treinar com todo o grupo é muito importante e esse é o principal objetivo agora. Precisamos dar continuidade ao trabalho que vem sendo desenvolvido e, com base em avaliações do ano passado, aprimorar alguns pontos que ainda não estão como pretendemos. Temos Jogos Pan-Americanos e vamos sediar um Mundial esse ano. A responsabilidade é grande”, concluiu Morten Soubak.

Duda Amorim é uma das "estrangeiras" e destaque do time brasileiro

Seleção Brasileira Adulta Feminina:

Goleiras:
Bárbara Elisabeth Arenhart (Byasen Handball Elite), Chana Franciela Masson de Souza (Randers HK S/A), Darly Zoqbi de Paula (B.M. Parc Sagunt).

Armadoras:
Ana Paula Rodrigues (Club Balonmano Feminino Elda), Deonise Fachinelo Cavaleiro (HAC Handball Le Havre), Eduarda Idalina Amorim (Györi Audi Eto KC), Francine Camila G. de Moraes (Hyppo), Jaqueline Anastácio (Siofok KC), Karoline Helena de Souza (Siofok KC), Mayara Fier de Moura (Mios Biganos Handball), Sílvia Helena Araújo Pinheiro (Siofok KC), Tayra Rodrigues (Metodista / São Bernardo).

Pontas:
Alexandra Priscila do Nascimento (Hyppo), Fernanda França da Silva (B.M. Parc Sagunt), Jéssica da Silva Quintino (A.D. Blu), Samira Pereira da Silva Rocha (Metodista / São Bernardo).

Pivôs:
Daniela de Oliveira Piedade (Hyppo), Fabiana Carvalho Diniz (Beraq Bera RT), Scheyla Gris (A.D. Blu).

Treinador: Morten Soubak

Explore posts in the same categories: Handebol

Tags: , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: