Pentatlo moderno realiza seletiva para o Pan, mas 3 vagas continuam em aberto

Emoção, força, dor e até alguns sustos foram os componentes das provas de pentatlo moderno no último sábado, 26, na Escola de Educação Física da Polícia Militar e no Regimento 9 de Julho na cidade de São Paulo. Dezenove pentatletas brasileiros encararam as diversas baterias da competição em busca de uma vaga nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, em outubro no México. Cariocas, pernambucanos e paulistas disputaram cada segundo com muita disposição e mostraram, mais uma vez, que estão em plena forma física.

Na classificação final, Daniel Santos liderou a prova masculina. Wagner Romão e Luis Magno vieram em seguida. Os três são da equipe da Comissão de Desportos do Exército do Rio de Janeiro (CDE-RJ). Danilo Fagundes conquistou a quarta posição e William Muinhos ficou com a quinta. Também do Rio, os dois pentatletas fazem parte do Pentajovem, projeto que a Confederação Brasileira de Pentatlo Moderno (CBPM) mantém na capital fluminense.

No feminino, o lugar mais alto do pódio ficou com a veterana Yane Marques. Logo depois, a também pernambucana Larissa Lellys garantiu a segunda colocação. Ambas as atletas são da CDE e integram o Centro de Treinamento da CBPM na capital pernambucana, o Salesiano/Powerade. A terceira colocação ficou com Mariana Laporte, também do Pentajovem-RJ.

E além de ter levado uma das três melhores marcas entre as mulheres, a equipe do Pentajovem-RJ teve mais uma conquista nesta fase da seletiva. Apresentou a mais jovem pentatleta do país. Juliana Domingues, de 13 anos, completou todas as cinco provas do dia e marcou sua estreia com o quarto lugar feminino.

“Ela tem mostrado um bom crescimento nos treinos e, se continuar se dedicando, terá um belo futuro no esporte”, diz Fábio Corrêa, técnico da menina.

E a boa atuação dos cariocas não parou por aí. No hipismo, Danilo Fagundes e Mariana Laporte foram os únicos que zeraram a pista, ou seja, não cometeram faltas nos obstáculos. Danilo foi além nas conquistas: cravou 12m05s no combinado (tiro e corrida), melhor tempo entre os homens.

Mesmo com o bom desempenho dos atletas, a maioria das vagas para o Pan de Guadalajara ainda não foi definida. Dos quatro atletas que o Brasil tem direito de enviar ao México (dois homens e duas mulheres), somente uma está garantida à pernambucana Yane Marques. O nome de sua companheira e dos dois atletas do masculino serão conhecidos no Sul-Americano, que será disputado no Complexo Esportivo de Deodoro, em junho no Rio de Janeiro.

“A classificação para o Pan reúne quatro etapas. A primeira aconteceu em novembro passado no Rio de Janeiro, quando foram usados os resultados do Pan-Americano da categoria. Para a segunda, o último Campeonato Brasileiro, também realizado em novembro de 2010 no Rio, serviu de base. A terceira teve as provas do último sábado em São Paulo como referência e a quarta e última será o Sul-Americano deste ano”, explica Celso Sasaqui, vice-presidente da CBPM.

Explore posts in the same categories: Guadalajara 2011, Jogos Pan-Americanos, Pentatlo Moderno

Tags: , , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: