Pentatletas do Rio garantem Bolsa-Atleta 2010

A lista dos contemplados com o bolsa-atleta do governo federal de 2010, divulgada na última semana, está recheada de nomes da equipe de Pentatlo Moderno que a Confederação Brasileira (CBPM) mantém no Complexo Esportivo de Deodoro. É lá, no centro de treinamento da Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro, que a CBPM mantém seu projeto social para formação de novos atletas.

Com pouco mais de dois anos de trabalho, o grupo, coordenado pelo técnico Fábio Corrêa, vem alcançando resultados que, em geral, demoram oito anos para um atleta conquistar. A chegada do benefício vai, com certeza, colaborar para mais vitórias.

“O Bolsa-Atleta ajuda principalmente aos competidores mais necessitados. É com o benefício, por exemplo, que eles conseguem comprar seus materiais esportivos para que possam melhorar ainda mais suas performances. É um dinheiro que dá ao atleta a tranquilidade de saber que no mês seguinte poderá novamente se alimentar adequadamente seguindo assim com seu trabalho de sempre alcançar melhores resultados”, afirma Fábio.

Mariana Laporte, William Muinhos, Danilo Fagundes, Caio da Silva e Lucas Santos são alguns nomes que aparecem na relação do Bolsa-Atleta de 2010. Mantido pelo Ministério do Esporte, o programa procura garantir a manutenção pessoal aos atletas de alto rendimento. Tudo para que eles tenham as condições necessárias de se dedicar ao treinamento esportivo e possam participar de competições que permitam o aperfeiçoamento de suas marcas.

Contemplada com o Bolsa Atleta, Mariana Laporte treina no Rio de Janeiro

“Com a bolsa vou ter a oportunidade de ter meu próprio material, complementar meus treinos com equipamentos de ponta, ter um acompanhamento fisioterapêutico e nutricionista, além de não ter que faltar aos treinos por falta de dinheiro para transporte. É um incentivo que me faz treinar cada vez mais”, conta o pentatleta Lucas, campeão Brasileiro de 2010 na categoria Jovem A.

E têm novidades nesta última relação do Ministério do Esporte. Pela primeira vez, esportistas que recebem patrocínio puderam ser contemplados com o benefício. O valor das bolsas também aumentou. Com a correção, a categoria Estudantil passa de R$ 300 para R$ 370; a Nacional de R$ 750 para R$ 925; a Internacional de R$ 1,5 mil para R$ 1,850 mil; e a Olímpica/Paraolímpica de R$ 2,5 mil para R$ 3,1 mil.

Os atletas que estão na lista precisam ficar atentos. Todos têm um prazo de até 60 dias para preencher o termo de adesão no site do ministério. Em caso de doping, o esportista que teve a acusação comprovada perderá o benefício.
Explore posts in the same categories: Pentatlo Moderno

Tags:

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: