Posted tagged ‘Ginástica Artística’

Estamos em novo endereço: http://www.janelaolimpica.com.br

02/06/2011

 

A você que visita o Janela Olímpica, e tornou possível a continuidade desse sonho, um muito obrigado. No primeiro post, em janeiro de 2010, foi dito que o projeto era transformar em um site, completo, onde você pudesse encontrar absolutamente tudo sobre esportes olímpicos. Hoje, esse passo foi dado.

Estamos agora no endereço www.janelaolimpica.com.br e contamos com a sua visita. O trabalho continua sendo independente, imparcial e isento de influências externas. O único compromisso é informar.

Portanto, mais uma vez, muito obrigado. E não deixe de acessar o novo Janela Olímpica.

E caso queira falar conosco, mande uma mensagem para contato@janelaolimpica.com.br

 

 

 

 

 

 

 

Ginástica Artística e Rítmica começam a movimentar Brasília a partir do dia 2

31/05/2011

Angélica Kvieczynski da ginástica rítmica e Diego Hypolito da artística estarão em Brasília

Ginastas de diversos clubes do país, inclusive os da Seleção Brasileira, estarão em Brasília entre os dias 2 e 5 de junho para a disputa do Troféu Brasil e do Circuito de Ginástica Artística e Rítmica, que serão realizados no Ginásio de Esportes do Cruzeiro. O dia 2 será de treinamento livre e o dia seguinte de treinamento de pódio de manhã e início da competição de GR à tarde.

No sábado, acontecerá o Troféu Brasil e as primeiras premiações. A Ginástica Artística Feminina competirá a partir das 9h30, com premiação marcada para acontecer às 11h45. A competição da Ginástica Artística Masculina e da Rítmica terá início às 15h e a premiação será às 19h10.

No domingo, acontecerá a I etapa do Circuito. A competição das três modalidades, Ginástica Artística Masculina, Ginástica Artística Feminina e Ginástica Rítmica, começará às 10h e a premiação acontecerá às 12h45, encerrando o final de semana em Brasília.

O público terá a oportunidade de ver, além de toda a beleza do esporte, nomes como Diego e Daniele Hypolito, Jade Barbosa, Sérgio Sasaki, Arthur Zanetti, Angélica Kvieczynski, Eliane Sampaio, Drielly Daltoé, entre muitos outros. A expectativa é grande também por parte dos ginastas, que esperam ver o ginásio cheio nos dias de competição.

Diego Hypolito, um dos principais ginastas do Brasil, já vive a ansiedade de disputar o primeiro campeonato em 2011. Totalmente recuperado da lesão no tornozelo, que o levou a uma cirurgia em outubro do ano passado, Diego está motivado. “Voltei a treinar 100% e antes do tempo previsto. O passo inicial, agora, ainda não é medalha e, sim, voltar a competir e sentir a segurança de que estou bem”, destacou Diego Hypolito.

Apesar de estar treinando normalmente em todos os aparelhos (solo, cavalo, argolas, salto, paralela e barra fixa), o ginasta afirma que participar de um campeonato gera uma nova expectativa. “A adrenalina da competição é muito diferente de um treinamento. Espero ansioso, mas confiante que vou chegar bem em Brasília”, confirmou Diego, da Ginástica Artística.

Na Ginástica Rítmica, um dos destaques fica por conta de Angélica Kvieczynski. Depois de já ter competido na França, em Portugal e na Ucrânia neste ano de 2011, a ginasta espera obter sucesso, dessa vez, no Brasil. “Estamos treinando muito para que tudo dê certo. Competir em casa é muito gostoso, pois temos a torcida brasileira, que é sempre muito carinhosa, e temos essa integração com os outros ginastas”, comentou Angélica.

Aracaju recebe Curso de Capacitação do Centro de Excelência Jovem Promessa

25/05/2011

Aulas na primeira edição do Curso de Capacitação

Será realizada, a partir da próxima quinta-feira (26), em Aracaju (SE), a segunda edição do Curso de Capacitação do projeto Centro de Excelência Jovem Promessa. O curso terá a presença de 34 professores e estagiários de diversos estados do Brasil, além de nove crianças, alunos dos núcleos, e contará com aulas teórica e prática.

Os professores responsáveis serão: José Luiz Luz na Ginástica Artística Masculina, Lisiane Bergue na Ginástica Artística Feminina, e Dayse e Letícia Barros na Ginástica Rítmica. Os quatro têm, como principal objetivo, uniformizar a forma de trabalho em todos os núcleos.

“Um dos objetivos do projeto é a qualificação profissional, então esse curso é de grande importância para darmos continuidade na capacitação dos professores de todos os centros. Queremos nivelar a passagem de conhecimento para que os professores transmitam o ensinamento da mesma forma em todos os núcleos”, explicou a coordenadora do curso e orientadora do projeto, Eliana Cecília dos Santos.

Para isso, os professores e estagiários de cada Centro receberão uma apostila contendo o método de ensino que deve ser utilizado no dia a dia. Depois das partes teórica e prática, todos receberão o certificado e já poderão empregar, de maneira uniforme, o que foi aprendido neste curso de nível I.

“Já realizamos esse mesmo curso no ano passado e estamos planejando o nível II para o segundo semestre deste ano. Nessa nova fase, estarão apenas os que participaram em 2010, já que é necessário que eles tenham um ano de trabalho para que possamos fazer essa nova avaliação e para que eles tenham um novo aprendizado”, disse Eliana dos Santos.

Em 2011, a Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) e seu patrocinador irão inaugurar quatro novos núcleos – Ginástica Artística no Maranhão e na Paraíba e Ginástica Rítmica em Rondônia e Roraima – e, com isso, chegar ao número de 28 núcleos do Centro de Excelência Jovem Promessa espalhados em 17 estados brasileiros.

Tudo isso é motivo de orgulho para a presidente da CBG, Luciene Resende. “Ficamos felizes e realizados com o que já fizemos, mas queremos ainda mais. Nosso objetivo é levar os centros para todos os estados, dando, assim, a oportunidade a crianças de todo o país de participarem desse grande projeto de desenvolvimento e massificação da Ginástica”, concluiu Luciene Resende.

Brasília se prepara para receber grandes nomes da Ginástica Artística e Rítmica

18/05/2011

Arthur Zanetti, destaque da Seleção Brasileira

Brasília receberá grandes nomes da Ginástica Artística e Rítmica. Atletas como Diego e Daniele Hypolito, Jade Barbosa, Sérgio Sasaki, Arthur Zanetti, Angélica Kvieczynski, Eliane Sampaio, Drielly Daltoé, entre muitos outros, estarão no Distrito Federal entre os dias 2 e 5 de junho para a disputa do Troféu Brasil e I Etapa do Circuito Caixa, que serão realizados no Ginásio de Esportes do Cruzeiro.

Essas serão os primeiros campeonatos de nível nacional adulto do calendário oficial da Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) em 2011. A programação inicia no dia 2, com treinamento livre e o Congresso Técnico. No dia 3, haverá treinamento de pódio de manhã, início da competição de Ginástica Rítmica às 16h e a Abertura a partir das 20h. No dia 4 será a disputa do Troféu Brasil e no dia 5 o Circuito Caixa.

Segundo a presidente da CBG, Luciene Resende, os dois campeonatos são de grande importância. “Esse é um evento onde estarão os principais atletas da Seleção Brasileira, os melhores do país, e o público de Brasília terá a oportunidade de acompanhar esses ginastas de perto. Temos a certeza que o Troféu Brasil e o Circuito Caixa, que reúnem três modalidades olímpicas, serão belas competições”, disse Luciene.

O presidente da Federação Brasiliense de Ginástica, Marco Martins, destaca o valor do Troféu e do Circuito. “Já tivemos alguns grandes campeonatos no ano passado, mas não com essa característica de reunir a Ginástica Artística e a Rítmica. Sediar esses campeonatos é muito importante para a divulgação da modalidade no Distrito Federal, além de servir como um espelho para os ginastas que estão começando, já que receberemos o melhor da Ginástica brasileira”, disse Marco Martins.

E será, também, através desses dois campeonatos que uma Comissão Técnica indicada pela coordenadora da Seleção Brasileira de Ginástica Artística Feminina, Georgette Vidor, fará uma constante observação para que haja a definição da equipe que passará a defender o Brasil nesta

Jade Barbosa conquista o bronze na Copa do Mundo de Moscou

14/05/2011

Jade Barbosa, da Seleção Brasileira de Ginástica Artística, conquistou a medalha de bronze no aparelho salto, na manhã de hoje (14), na Copa do Mundo de Moscou (Rússia). A brasileira fez 13.337 pontos e ficou atrás apenas da alemã Oksana Chusovitina (14.712) e da russa Ekaterina Kurbatova (13.950).

Essa foi apenas a primeira competição internacional de Jade Barbosa em 2011. A ginasta brasileira de 19 anos conseguiu uma boa classificação ontem (13), quando se garantiu na final com a segunda melhor nota entre as nove participantes. Apenas quatro se classificaram para a decisão.

As etapas de Copa do Mundo servem como uma forte preparação para duas importantes competições neste ano: o Mundial de Tóquio, no Japão, que será classificatório para as Olimpíadas de Londres/2012, e os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, no México – ambos em outubro.

Além disso, a Seleção Brasileira de Ginástica Artística também se prepara através de estágios de treinamento. Em 2011, as ginastas já se reuniram no Rio de Janeiro, em fevereiro, e estão em Stuttgart, na Alemanha, desde o dia 4 de maio para uma nova fase de treinos.

Jade Barbosa seguiu direto da cidade alemã para Moscou. A ginasta e o técnico Ricardo Pereira chegam ao Rio de Janeiro na segunda-feira (16), às 5h20. Já a delegação que continuou em Stuttgart chega do Rio na terça (17), também às 5h20.

Jade Barbosa está na final da Copa do Mundo de Moscou

13/05/2011

Em seu primeiro campeonato internacional de 2011, Jade Barbosa, da Seleção Brasileira de Ginástica Artística, já assegurou um grande resultado na Copa do Mundo de Moscou. A ginasta fez o segundo melhor salto de hoje, na fase classificatória, e se garantiu entre as quatro finalistas que irão buscar medalhas amanhã , a partir das 13h20 (horário local) e 6h20 (horário de Brasília).

Jade competiu em um grupo de nove ginastas. A melhor nota foi da alemã Oksana Chusovitina, que fez 14.538. A brasileira fez 13.813 e se garantiu na final na segunda colocação. As outras duas que estarão na disputa de amanhã são a russa Ekaterina Kurbatova (13.738) e a chilena Makarena Pinto Adasme (13.425).

Jade Barbosa está em Moscou com o técnico da Seleção Brasileira, Ricardo Pereira.

Jade Barbosa estreia em 2011 na Copa do Mundo de Moscou

12/05/2011

O técnico Ricardo Pereira passa instruções para Jade Barbosa

A ginasta Jade Barbosa saiu do Brasil desde o dia 4 de maio junto com o grupo da Seleção Brasileira de Ginástica Artística Feminina para um estágio de treinamentos em Stuttgart. Da Alemanha, ela seguiu para Moscou, na Rússia, onde disputará, amanhã e sábado, a etapa da Copa do Mundo.

Jade viajou acompanhada pelo técnico Ricardo Pereira enquanto o restante da equipe – Daniele Hypolito, Ana Claudia Silva, Priscila Cobello, Gabriela Soares e Adrian Gomes – permanece com o trabalho em Stuttgart ao lado dos técnicos Iryna Ilyashenko e Eliseu Burtet.

A ginasta vai competir no salto, aparelho onde espera conseguir bom resultado. “Estou treinando bem e me sentindo bem, o que é o mais importante. Estou fazendo os quatro aparelhos nos treinamentos, mas optamos por fazer o salto, que acreditamos que é onde eu esteja melhor. Espero fazer um bom salto nessa Copa”, disse Jade.

A disputa será amanhã, às 14h05 (horário local) / 7h05 (horário de Brasília). Jade será a oitava a participar do qualificatório, que, entre as oito participantes, garantirá apenas as quatro melhores na final. A expectativa de Jade Barbosa é que, nesta primeira competição do ano, ela consiga testar seu atual momento.

“O fato de estar reunida com a Seleção é algo que sempre me motiva bastante e estava precisando disso. Ainda não sabemos ao certo como eu estou, já que treinar sempre é diferente de competir, e é isso que vamos descobrir nessa Copa do Mundo”, comentou Jade Barbosa.

Jade destaca um ponto importante de fazer uma boa competição. “Todos os campeonatos serão importantes na preparação para o nosso principal objetivo do ano, que é o Mundial. Temos que estar competindo o máximo possível para chegarmos bem ao Mundial, em outubro”, explicou Jade Barbosa, sobre o campeonato que será classificatório para as Olimpíadas de Londres/2012.

O técnico Ricardo Pereira explica que, nos dias em Stuttgart, os treinos de salto ganharam uma atenção especial. “Utilizamos esse período para que a Jade trabalhasse bem em todos os aparelhos, mas, como ela vai competir no salto, demos uma ênfase maior neste treinamento”, disse o treinador da Seleção Brasileira.

De Moscou, Jade e Ricardo voltam para o Brasil, já que o estágio da Seleção em Stuttgart também termina no próximo dia 15. Jade Barbosa desembarca no Rio de Janeiro na próxima segunda-feira (16), enquanto a delegação brasileira chegará ao Rio no dia seguinte.

Seleção Brasileira de Ginástica Rítmica disputará pré-olímpico

07/05/2011

Luísa Matsuo, do conjunto brasileiro

A Seleção Brasileira de Ginástica Rítmica de Conjunto recebeu ontem a grande notícia de que terá a oportunidade de disputar o Mundial, que será pré-olímpico, em setembro, na França. No Mundial passado, realizado em setembro de 2010, em Moscou, na Rússia, o Brasil terminou em 26º lugar, não conseguindo a vaga para este pré-olímpico, já que apenas os 24 primeiros colocados alcançariam a classificação.

Mas a história começou a mudar para o Brasil depois da suspensão da Federação da Coréia do Norte, que havia terminando o Mundial passado na 24ª colocação. A punição determinou à Federação da Coréia do Norte uma suspensão de todas as atividades durante dois anos. Automaticamente, a Geórgia, 25ª colocada, foi convidada para a vaga no próximo Mundial, mas recusou, já que irá participar apenas no Individual.

O convite, então, foi encaminhado ao Brasil, que aceitou imediatamente. “Ter essa oportunidade de estar no pré-olímpico representa uma felicidade muito grande para todos nós. E, com certeza, a partir de agora vamos trabalhar ainda mais para conseguir um ótimo resultado na França. Parabenizo toda a família da Ginástica Rítmica, em especial as nossas ginastas, por essa conquista”, disse a presidente da Confederação Brasileira de Ginástica, Luciene Resende.

Presidente do Comitê Técnico da Ginástica Rítmica do Brasil, Letícia Barros também vibrou com a notícia. “Recebemos essa vaga com muita alegria, pois, se começamos o ano com o objetivo voltado para os Jogos Pan-Americanos, agora, ele se vira também para os Jogos Olímpicos. Sabemos que não é fácil conseguir essa vaga, mas o trabalho será ainda mais forte a partir de agora e sabemos que Ginástica se decide em quadra”, afirmou Letícia Barros.

Os 24 países que estarão no Mundial da França lutarão por 10 vagas nas Olimpíadas de Londres. Os seis primeiros estarão garantidos e outros seis tentarão as quatro últimas vagas no evento teste, que será em janeiro de 2012, já em Londres. Sendo que há necessidade de ter um representante de cada continente.

A Seleção de Ginástica Rítmica Individual já estava classificada para o pré-olímpico da França, onde estará com quatro ginastas e buscará uma das 24 vagas para as Olimpíadas de Londres. As representantes do Brasil no Mundial da França ainda serão escolhidas.

Em Kiev – A Seleção de Conjunto recebeu a notícia da vaga em Kiev, onde fez, hoje, o primeiro dia de competição na etapa da Ucrânia da Copa do Mundo. Nesta sexta-feira, a equipe comandada pela técnica Camila Ferezin conseguiu um bom resultado e ficou na sexta colocação na série de 5 bolas (24.200). Angélica Kvieczynski também competiu, representando a Seleção Individual, e terminou na 41ª colocação (46.800) após as apresentações nos aparelhos arco e bola.

Seleção Feminina de Ginástica Artística viaja amanhã para Alemanha

03/05/2011

Ana Claudia Silva, Gabriela Soares e Daniele Hypolito estarão em Stuttgart

Depois da Seleção Masculina, agora é a vez das ginastas da Seleção Brasileira Feminina de Ginástica Artística participarem de um estágio no Centro de Treinamento Kunst-Turn-Forum, em Stuttgart, na Alemanha. A equipe embarca amanhã (4) e, para os 10 dias de trabalho, foram convocadas as ginastas Daniele Hypolito, Jade Barbosa e Gabriela Soares (C.R. Flamengo), Ana Claudia Silva e Priscila Cobelo (Cegin) e Adrian Gomes (Grêmio Náutico União).

As seis meninas estarão acompanhadas por uma comissão técnica formada pelos treinadores Iryna Ilyashenko, Ricardo Pereira e Eliseu Burtet, pela coordenadora da Seleção Feminina de Ginástica Artística, Georgette Vidor, médico Jimmy Rocha e pelo fisioterapeuta Marcelo Schwengber. O trabalho, possível graças a uma parceria entre Confederação Brasileira e Federação Alemã, servirá como preparação para o Mundial, que será pré-olímpico, e para os Jogos Pan-Americanos.

“Essas são pequenas concentrações, onde podemos fazer mais ou menos o mesmo trabalho que é realizado pelos Estados Unidos e pela própria Alemanha. A presidente da CBG, Luciene Resende, assinou uma parceria que, no contexto geral, vai além dos treinamentos em Stuttgart, já que todo conhecimento que podemos adquirir é válido. Sem contar que é uma parceria mútua, pois eles também têm interesse em estabelecer relações com o Brasil. Os países vão se ajudar a crescer cada vez mais”, explicou Georgette Vidor.

A coordenadora ressaltou a importância do trabalho fora do país. “Lá, a concentração das meninas fica total nos treinamentos. Teremos um período bom, já que, se for mais longo, elas começam a sentir muita falta de casa, e faremos um trabalho em um ginásio muito bem equipado e climatizado, onde não enfrentamos problemas nem com calor, nem com frio. Teremos todas as condições para realizar um ótimo trabalho”, afirmou Georgette.

Segundo a presidente da Confederação Brasileira de Ginástica (CBG), Luciene Resende, este é um ano muito importante. “Visamos o Mundial e os Jogos Pan-Americanos, então, essas concentrações são muito válidas, pois trazem muitos benefícios para os nossos ginastas. O trabalho com a Seleção Masculina foi muito bom e, agora, as meninas também terão a oportunidade de treinar em um ginásio muito bem equipado. Espero que elas melhorem ainda mais o nível técnico da equipe”, disse Luciene Resende.

A estrutura do centro de treinamento em Stuttgart, elogiada por atletas e comissão técnica, tem tudo para ser copiada, já que a presidente da CBG planeja algo do mesmo nível para o Brasil. “Estamos com um projeto junto ao Ministério do Esporte e o nosso sonho é que o Brasil tenha vários centros como esse. O Ministério e o Comitê Olímpico Brasileiro têm nos dado um apoio muito grande e acredito que, com a ajuda do Governo Federal, poderemos realizar esse sonho de toda a ginástica brasileira”, garantiu Luciene Resende.

Brasil consegue bom resultado na Copa do Mundo de Ginástica Rítmica

02/05/2011

A Seleção Brasileira de Ginástica Rítmica conseguiu bons resultados na Copa do Mundo de Portimão, realizada de quinta (28) a sábado (30), em Portugal. O Brasil competiu no Conjunto, com as ginastas Luísa Matsuo,Maria Carolina Ricardo, Jéssica Maier, Débora Falda, Bianca Mendonça e Pâmela Oliveira, e no Individual, com Angélica Kvieczynski.

No primeiro dia, a Seleção de Conjunto fez bonito na série de 5 bolas, onde terminou na 10ª colocação (24.925) entre os 14 países participantes e, por pouco, não classificou, já que os oito primeiros colocados avançaram às finais. A ginasta Jéssica Maier comemorou o resultado.

“Competimos muito bem e, mesmo que, dessa vez, não tenhamos conseguido a classificação, estamos felizes, já que esse foi apenas o nosso primeiro campeonato”, destacou Jéssica, lembrando que a Seleção de Conjunto passou por uma reformulação em fevereiro deste ano, com a chegada de novas ginastas e da nova técnica, Camila Ferezin.

No segundo dia, foi a estreia de Angélica Kvieczynski. A brasileira se apresentou no arco, ficou na 33ª colocação (24.650), e na bola, onde foi a 34ª (24.650). No sábado, Angélica Kvieczynski competiu nas séries de maças, onde ficou com a 46ª posição (22.100) e na fita, aparelho que conseguiu o 37º lugar (24.200).

No resultado final, Angélica Kvieczynski, que esteve acompanhada da técnica Anita Klemann, foi a 37ª colocada no individual geral, entre 49 participantes, somando 95.600 pontos nos quatro aparelhos. A russa Daria Kondakova foi a ginasta que mais pontuou, com 114.375.

A Seleção Brasileira de Conjunto voltou a se apresentar no último dia em Portimão, desta vez, com a série 3 fitas e 2 arcos, onde ficou na 13ª colocação, com 23.600. Na classificação geral, com a nota das duas séries, o Brasil terminou em 11º lugar, com 48.525.

A técnica Camila Ferezin ficou satisfeita com as apresentações do Conjunto. “O resultado foi muito positivo, pois conseguimos mostrar que o Brasil está em um bom momento. Foi muito bom receber elogios de outros países e sentir a boa repercussão internacional”, destacou Camila, que elogiou um ponto específico das meninas no primeiro campeonato com essa nova formação.

“As meninas são novas. A maioria vivenciou uma experiência como essa pela primeira vez e foi uma boa estreia. Ganhamos do nosso maior rival, que são os Estados Unidos, já que o objetivo principal é o Pan, e fiquei muito satisfeita com a tranquilidade que essas ginastas tiveram na primeira apresentação em uma Copa do Mundo. Fizemos um trabalho pensando nisso e elas se saíram muito bem”, concluiu Camila Ferezin.

De Portugal, a Seleção Brasileira de Ginástica Rítmica segue amanhã (3) direto para Kiev, na Ucrânia, onde será a próxima etapa da Copa do Mundo, de sexta (6) a domingo (8).

Ginastas da Seleção Brasileira avaliam período de treinos em Stuttgart

27/04/2011

Após um período de 12 dias de treinos no centro de treinamento Kunst-Turn-Forum, em Stuttgart, na Alemanha, os ginastas da Seleção Brasileira Masculina de Ginástica Artística fizeram uma avaliação sobre a forte preparação para o Mundial, que este ano será pré-olímpico, e Jogos Pan-Americanos, ambos que serão disputados em agosto deste ano.

Ginasta mais experiente do grupo brasileiro e considerado um dos líderes da Seleção Brasileira, Mosiah Rodrigues, de 29 anos, falou sobre o encontro dos 12 ginastas. “Estávamos em um ginásio projetado para treinamento, com equipamentos oficiais e todos os tipos de acessórios. Outra grande vantagem foi conseguir unir o grupo. Treinar como equipe é sempre muito positivo também pela ‘competição’ diária durante o treinamento, já que um atleta motiva o outro a trabalhar cada vez mais forte”, explicou Mosiah.

Diego Hypolito, de 24 anos, também elogiou a estrutura do centro de treinamento. “O ginásio onde treinamos é espetacular. Não teve como não tirar proveito disso. E, para mim, foi muito bom, já que, além de tudo, depois que voltei da cirurgia, ainda não tinha tido a experiência de treinar em conjunto com a Seleção. Deu para ver que está tudo bem”, afirmou Diego Hypolito.

Referência no grupo brasileiro, o bicampeão mundial também comemorou a oportunidade oferecida pela Confederação Brasileira de Ginástica (CBG). “O estágio de treinos é sempre importante para juntar toda a Seleção e esse foi ainda mais especial por ter sido na Alemanha, um país referência na Ginástica”, opinou Diego que, junto com a Seleção, treinou lado a lado com os alemães.

“O estágio de treinos foi muito construtivo para mim e foi interessante estar ao lado dos alemães. Foi curioso ver que eles paravam para assistir o meu treino. Isso também foi positivo para trabalhar o meu lado emocional, já que é uma pressão sempre maior ter outros ginastas tão bons observando os nossos treinos”, concluiu Diego.

Brasileiros que estiveram na Alemanha

Brasil fecha acordo com Alemanha em prol do crescimento da Ginástica‏

13/04/2011

A Ginástica do Brasil tem mais motivos para comemorar. A presidente da Confederação Brasileira de Ginástica (CBG), Luciene Resende, está na Alemanha, onde, assinou acordo com a Federação Alemã de Ginástica (DTB), em encontro com o presidente Rainer Brechtken em Berlim. A parceria estabelece promover e reforçar as boas relações entre os dois países e a cooperação entre as instituições nas diversas modalidades da Ginástica.

O acordo entre CBG e DTB resultará na troca de programas, experiências, informação e conhecimento dentro das seguintes áreas de cooperação: treinamento e competição de atletas e equipes, organização de eventos, instalações esportivas, formação e especialização de treinadores, intercâmbio de programas técnicos, intercâmbio entre atletas, técnicos, profissionais e dirigentes.

Por tudo isso, a presidente da CBG destaca a influência do acordo entre Brasil e Alemanha. “Foi um momento muito importante para nós, da Ginástica brasileira. Nós realizamos essa aproximação em busca da aprendizagem e conhecimento através desses intercâmbios, promovendo, cada vez mais, o crescimento da Ginástica do nosso país. Temos a certeza que os nossos atletas aprenderão muito com essa parceria”, afirmou Luciene Resende.

O primeiro passo já foi dado e, com ele, o início de um estágio de treinamentos do Brasil na Alemanha. A Seleção Brasileira Masculina de Ginástica Artística está em Stuttgart, onde os técnicos Renato Araújo e Marcos Goto comandam o trabalho com os 12 ginastas até o próximo dia 24 no Centro de Treinamento da Spieth, marca de aparelhos considerada uma das melhores do mundo.

Foram convocados os ginastas Arthur Zanetti, Sérgio Eras, Francisco Barreto e Luís Augusto dos Anjos (Serc / Santa Maria), Caio Costa e Danilo Nogueira (Brasil Futebol Clube), Diego Hypolito, Petrix Barbosa, Sergio Sasaki e Victor Rosa (C.R.Flamengo), Mosiah Rodrigues (Grêmio Náutico União) e Péricles Silva (Pinheiros). Os brasileiros treinam ao lado de alguns destaques mundiais, já que a Seleção da Alemanha está entre as cinco melhores do mundo.

Seleção Masculina de ginástica faz estágio de treinos na Alemanha

08/04/2011

Doze ginastas estão convocados para um estágio no Centro de Treinamentos da Spieth, marca de aparelhos considerada uma das melhores do mundo e utilizada pela Confederação Brasileira de Ginástica. A Seleção Brasileira Masculina de Ginástica Artística viajará no próximo domingo, 10 de abril, para Stuttgart, na Alemanha, onde ficará durante um período de 13 dias.

Para o estágio de treinamentos estão convocados Arthur Zanetti (Serc / Santa Maria), Caio Costa e Danilo Nogueira (Brasil Futebol Clube), Diego Hypolito (C.R.Flamengo), Francisco Barreto e Luís Augusto dos Anjos (Serc), Mosiah Rodrigues (Grêmio Náutico União), Péricles Silva (Pinheiros), Petrix Barbosa (Flamengo), Sérgio Eras (Serc), Sergio Sasaki e Victor Rosa (Flamengo).

Os ginastas estarão sob o comando dos técnicos da Seleção Brasileira Masculina, Renato Araújo, Marcos Goto e Cristiano Albino, e o coordenador, Leonardo Finco, também estará em Stuttgart. A delegação brasileira ainda contará com o médico Luis Antonio De Ridder Bauer e o fisioterapeuta André Luís Melo de Oliveira.

Segundo a presidente da CBG, Luciene Resende, todos os esforços foram feitos para que a Seleção tivesse essa boa oportunidade. “Estamos muito satisfeitos com esse contato com a Spieth e vamos em busca de fechar uma parceria para que, a partir de agora, os nossos ginastas possam utilizar mais o Centro de Treinamento em Stuttgart. Estamos em um ano extremamente importante e a Seleção precisa e merece ter a melhor preparação possível. Os intercâmbios são sempre de grande valor”, disse Luciene Resende, que estará junto com a Seleção Brasileira na Alemanha.

O supervisor de Seleções da CBG, Klayler Mourthé, também falou sobre o estágio em Stuttgart. “O Centro de Treinamento da Spieth é um dos melhores do mundo, pois conta com excelente aparelhagem. Com esse estágio, a CBG dá passos importantes, já que, além de dar continuidade ao desenvolvimento técnico brasileiro, temos a possibilidade de estabelecer uma parceria com a Alemanha”, explicou Klayler, que destacou, ainda, a importância do estágio.

“O aprimoramento técnico que esse treinamento em Stuttgart propiciará aos ginastas brasileiros é fundamental para o sucesso no Campeonato Mundial, que será pré-olímpico, e nos Jogos Pan-Americanos, pois a Seleção da Alemanha está entre as cinco melhores do mundo e contou com vários finalistas nas provas individuais nos últimos mundiais. Esse intercâmbio com os alemães será extremamente favorável para os nossos treinamentos”, completou Klayler Mourthé.

O coordenador da Seleção Brasileira, Leonardo Finco, destacou o valor do estágio de treinamentos. “O mais importante da preparação na Alemanha é que determina o início dos trabalhos de 2011 com toda a Seleção de Ginástica Artística Masculina visando o Campeonato Mundial, que será classificatório para os Jogos Olímpicos de Londres em 2012, e os Jogos Pan- Americanos de 2011″, disse Finco.

Em Stuttgart, neste primeiro encontro de toda a equipe, os ginastas já passarão por avaliações. “Buscamos um ótimo lugar para juntar todos os ginastas da Seleção, avaliá-los em todos os aspectos técnicos, físicos, médicos e de preparação. Os treinadores determinaram alguns objetivos em 2010 para os ginastas e iremos avaliá-los para decidir a melhor formação da equipe para os eventos de 2011″, detalhou Finco.

Depois da Seleção Masculina, a Feminina também passará pela experiência o estágio no Centro de Treinamento da Spieth. Os treinos estão agendados para o mês de maio.

Ginastas da Seleção com os técnicos Marcos Goto e Renato Araújo

Seleção de ginástica volta ao Brasil com quatro medalhas

02/04/2011

Foram três dias de disputas, os quatro participantes classificados para finais e quatro medalhas (duas de ouro, uma de prata e uma de bronze) conquistadas na soma final da Seleção Brasileira de Ginástica Artística na Copa do Mundo de Doha, no Qatar. Daniele Hypolito, Sergio Sasaki, Mosiah Rodrigues e Victor Rosa chegam amanhã (3/04) ao Brasil com motivos para comemorar. Os ginastas e os técnicos Renato Araújo, da Seleção Masculina, e Ricardo Pereira, da Feminina, desembarcam em São Paulo, no aeroporto de Guarulhos, às 17h05.

A delegação brasileira foi bem desde o primeiro dia de competição, na quarta-feira (30/03), quando os quatro ginastas se garantiram nas finais. Daniele se classificou no salto e no solo, Sasaki nos mesmos aparelhos, Victor no salto e nas paralelas e Mosiah no cavalo. Com sete finais garantidas, os brasileiros chegaram com motivação ainda maior para o primeiro dia de finais.

Na quinta, já saíram as primeiras medalhas. Daniele Hypolito, que já havia se classificado com a melhor nota, se manteve no topo e faturou a medalha de ouro no salto, com 13.550 pontos. Sergio Sasaki ainda conquistou a prata no solo, com 14.550, atrás, apenas, do chinês, campeão olímpico, Zou Kai (15.250). Mosiah Rodrigues foi o quarto no cavalo (14.300) e quase conseguiu mais uma medalha para o Brasil.

Ontem, último dia da Copa do Mundo de Doha, outros grandes resultados entre os brasileiros. Sasaki foi o grande destaque do dia ao conseguir a medalha de ouro no salto (16.012) e, ainda, o Trophy Young, prêmio de revelação do campeonato, já que foi o ginasta mais jovem, 19 anos, a conseguir melhores resultados. Daniele Hypolito ainda conquistou o bronze no solo (13.250), assegurando a sua segunda medalha nesta etapa.

Victor Rosa também fez bonito e, por pouco, não conseguiu a terceira medalha do dia. O ginasta brasileiro foi o quarto nas paralelas (14.375) e ficou em quinto lugar no salto (15.250).

Todos ficaram satisfeitos com os resultados, mas Sergio Sasaki vibrou muito com as medalhas e o troféu. “Estou muito feliz e vibrando com tudo que aconteceu em Doha. Foram as minhas primeiras medalhas em Copa do Mundo e, ainda, esse prêmio de revelação. Vamos continuar trabalhando forte, pois quero ir cada vez mais longe na ginástica”, disse Sasaki.

O desempenho da Seleção deixou a presidente da Confederação Brasileira de Ginástica (CBG), Luciene Resende, bem satisfeita. “Estamos muito felizes por cada um dos resultados dos nossos ginastas. É importante começar bem neste ano em que teremos os Jogos Pan-Americanos e o Mundial, que será classificatório para as Olimpíadas de 2012. Acreditamos muito em toda a nossa equipe e fazemos questão de dar parabéns aos ginastas e técnicos que estavam em Doha”, concluiu Luciene Resende.

Sérgio Sasaki, no salto que valeu a medalha de ouro

Brasil conquista mais duas medalhas na Copa do Mundo de Ginástica Artística

01/04/2011

O segundo dia de finais da Copa do Mundo de Ginástica Artística seguiu no mesmo ritmo do primeiro para a Seleção Brasileira. Depois de uma medalha de ouro no salto de Daniele Hypolito e uma prata no solo de Sergio Sasaki no dia de ontem (31), hoje (1º) os dois voltaram a brilhar no Ginásio Aspire Dome, em Doha, no Qatar. Sasaki conquistou o ouro no salto (16.012), enquanto Daniele assegurou o bronze no solo (13.250), ficando atrás, apenas, da chinesa Jinnan Yao (14.200) e a australiana Ashleigh Brennan (13.300).

Sergio Sasaki exibe suas conquistas

Sasaki, que completou 19 anos ontem, deixou dois chineses para trás no salto. Na segunda colocação ficou Yuguo Huang, com 15.850, e, em terceiro, Kai Zou, que somou 15.750. Justamente a pouca idade deu a Sasaki outro prêmio em Doha. Além de um ouro e uma prata, Sasaki assegurou mais uma grande conquista. O brasileiro ganhou o Trophy Young, premiação de atleta mais novo com o melhor resultado ao final da competição. “É uma espécie de troféu revelação do campeonato. Estou muito feliz”, disse Sasaki.

Outro brasileiro que representou bem o país foi Victor Rosa. O ginasta disputou duas finais hoje e ficou em quarto nas paralelas, com 14.375, e em quinto no salto, com 15.250. Ontem, Mosiah Rodrigues disputou a final do cavalo e ficou em quarto lugar (14.300).


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.